Sábado, 08 de agosto de 2020
+19788797768
Esportes e Lazer

03/03/2020 às 10h03

67

Redacao

Vila Velha / ES

Gabriel Silva mostra muita raça, mas é derrotado por Kyler Phillips no card preliminar do UFC Norfolk
Peso-galo brasileiro faz luta muito dura contra americano, mas não resiste ao maior volume e a variedade de golpes do rival, e sofre a sua segunda derrota seguida na organização
Gabriel Silva mostra muita raça, mas é derrotado por Kyler Phillips no card preliminar do UFC Norfolk
Kyler Phillips golpeia Gabriel Silva no UFC Norfolk — Foto: Getty Images

O peso-galo Gabriel Silva bem que tentou, mas não conseguiu se recuperar da derrota na estreia no UFC. Após ser batido por Ray Borg em sua primeira luta na organização, o brasileiro enfrentou o americano Kyler Philips na luta de encerramento do card preliminar do UFC Norfolk, e acabou vendo o rival ter a mão levantada por decisão unânime dos juízes (triplo 30-27).


A luta começou agressiva, com os dois lutadores atacando um ao outro com diretos e joelhadas. Phillips usava a maior envergadura para manter Silva à distância. O brasileiro buscava a aproximação para os golpes curtos, mas o americano se movimentava bem. Silva conseguiu travar momentaneamente Philips junto à grade, mas o americano livrou-se e, mais distante, encaixou uma joelhada voadora e um chute alto que abalaram o brasileiro. Phillips chutava o tornozelo de Gabriel Silva e completava com golpes altos. O brasileiro sentia os golpes, mas se mantinha andando para a frente. O americano mostrava um repertório maior de golpes, e Silva absorvia o castigo. Nos segundos finais, o brasileiro conseguiu derrubar com um chute o americano, mas não o manteve sob controle no chão.





Gabriel Silva voltou para o segundo round encurtando a distância e dominando as costas de Kyler Phillips junto à grade. O americano conseguiu inverter a posição, mas também não conteve o brasileiro. Os dois alternavam o controle no limite do octógono, e Gabriel caiu por cima de Philips após acompanhar a sua movimentação para longe da grade. O americano mais uma vez inverteu a posição e ficou por cima do brasileiro, já montado, no chão. Silva lutava muito para tentar uma chave de joelho, mas Phillips conseguiu defender a posição, e passou a dar marteladas na cabeça do brasileiro até o intervalo.






 

Kyler Phillips acerta chute alto em Gabriel Silva no UFC Norfolk — Foto: Getty ImagesKyler Phillips acerta chute alto em Gabriel Silva no UFC Norfolk — Foto: Getty Images

Kyler Phillips acerta chute alto em Gabriel Silva no UFC Norfolk — Foto: Getty Images





Menos castigado na luta, Kyler Phillips voltou tentando golpear o brasileiro, que mais uma vez suportava o castigo e tentava atacar. Após aplicar um soco rodado, Silva tentou levar a luta para o chão, mas ficou por baixo no chão. Philips tentou aplicar um triângulo de mão, mas o brasileiro livrou-se da posição e voltou a lutar em pé. Ao tentar puxar o americano para cima de si para aplicar a guilhotina, Gabriel Silva voltou a ficar por baixo no chão. O americano controlava o combate, mas Silva não se entregava. Philips desferia cotoveladas nas costelas, e mantinha o peso do corpo sobre o brasileiro, que não conseguia se levantar. Nos segundos finais o americano tentou a finalização após desferir tapas de mãos abertas na cabeça de Gabriel Silva.




 



Brendan Allen nocauteia Tom Breese



 




Vindo de cinco vitórias consecutivas, sendo a última em sua estreia no UFC, o peso-médio americano Brendan Allen aumentou a sua série invicta neste sábado, ao derrotar o inglês Tom Breese por nocaute técnico aos 4m47s do primeiro round. Esta foi, também, a segunda derrota de Breese em 13 lutas como profissional.






 

Brendan Allen nocauteou Tom Breese no UFC Norfolk — Foto: Getty ImagesBrendan Allen nocauteou Tom Breese no UFC Norfolk — Foto: Getty Images

Brendan Allen nocauteou Tom Breese no UFC Norfolk — Foto: Getty Images





Allen começou a luta buscando derrubar Breese e tentando a finalização com uma kimura. O inglês defendeu o golpe, mas não conseguiu voltar a lutar de pé. Por baixo no chão, Breese apenas se defendia, e abriu espaço para Allen encaixar uma sequência de golpes que forçou o árbitro a interromper a disputa.




 



Jordan Griffin apaga TJ Brown com guilhotina



 




Vindo de duas derrotas seguidas, o peso-pena Jordan Griffin estava pressionado para conseguir a sua primeira vitória no UFC diante de TJ Brown. E ela veio aos 3m38s de luta no segundo round, através de uma guilhotina muito bem aplicada, que acabou deixando o rival inconsciente no chão do octógono.






 

Jordan Griffin encaixa a guilhotina que apagou TJ Brown no UFC Norfolk — Foto: Getty ImagesJordan Griffin encaixa a guilhotina que apagou TJ Brown no UFC Norfolk — Foto: Getty Images

Jordan Griffin encaixa a guilhotina que apagou TJ Brown no UFC Norfolk — Foto: Getty Images





O primeiro round foi muito movimentado. Logo nos primeiros segundos de luta, Brown acertou um golpe de encontro de direita em Griffin, dobrando as pernas do rival. Mostrado muita qualidade na luta agarrada, TJ Brown derrubou Jordan Griffin diversas vezes junto à grade e o dominou por quase todo o round. No minuto final, no entanto, Griffin conseguiu encaixar um esgana-galo e uma guilhotina seguidos, que foram defendidas pelo rival.


O segundo round começou em alta rotação com os dois lutadores levando perigo um ao outro, mas aos poucos o cansaço começou a afetar o desempenho de ambos. Mesmo assim, TJ Brown mantinha a estratégia de buscar a luta agarrada, e Jordan Griffin mais uma vez aproveitou a exposição do pescoço do rival para, desta vez, encaixar uma guilhotina justíssima, que acabou apagando Brown, encerrando a luta.





Spike Carlyle arrasa Aalon Cruz



 




Com uma atuação muito agressiva, o peso-pena Spike Carlyle não tomou conhecimento de Aalon Cruz no duelo de estreantes no UFC Norfolk. Com uma sequência de golpes que incluiu telefones originados em uma cotovelada de esquerda, Carlyle venceu por nocaute técnico em apenas 1m25s de luta.






 

Spike Carlyle nocauteou Aalon Cruz no primeiro round no UFC Norfolk — Foto: Getty ImagesSpike Carlyle nocauteou Aalon Cruz no primeiro round no UFC Norfolk — Foto: Getty Images

Spike Carlyle nocauteou Aalon Cruz no primeiro round no UFC Norfolk — Foto: Getty Images





Após abalar Cruz com um chute alto, Carlyle aproveitou que o rival sentiu o golpe para desferir uma dura cotovelada junto à grade, fazendo Cruz dobrar os joelhos. Com domínio completo da luta, o lutador montou no rival e aplicou golpes seguidos, incluindo alguns "telefones" (golpes com as duas mãos espalmadas atingindo simultaneamente as laterais da cabeça de Cruz), seguidos de marteladas que forçaram o árbitro a interromper o combate.



FONTE: Por Combate.com — Norfolk, EUA

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
© Copyright : Todos os direitos reservados ( 47845 ) Pessoas vizitaram esse site voce ja visitou 1 vezes