Segunda, 23 de novembro de 2020
+19788797768
Polícia

09/04/2020 às 22h43

74

Redacao

Vila Velha / ES

Soltura de presos contribuiu para aumento da criminalidade no Espírito Santo, diz secretário
Para tentar dar um pouco mais de segurança ao cidadão capixaba, a Polícia Militar realizará uma mega operação durante este feriado de Páscoa
Soltura de presos contribuiu para aumento da criminalidade no Espírito Santo, diz secretário
Foto: TV Vitória

Poucos dias após assumir a Secretaria Estadual de Segurança Pública do Espírito Santo, o coronel Alexandre Ramalho anunciou uma mega operação da Polícia Militar para este feriado. A ação, segundo o secretário, envolve mais de 2 mil PM's e tem como objetivo prender homicidas e traficantes do estado.


"Estamos reforçando o policiamento nas ruas, tanto na Grande Vitória como no interior, e o objetivo, como sempre, é levar segurança ao cidadão capixaba. Estamos entrando em três dias do feriado da Páscoa e gostaríamos muito que a sociedade capixaba estivesse em paz. Atravessamos essa dificuldade da pandemia em todo o mundo e isso mexeu também com o nosso sistema de segurança", afirmou.


O comandante-geral da Polícia Militar do Espírito Santo, coronel Caus, explicou que, nos quatro dias de operação, os policiais vão agir especialmente em bairros da Grande Vitória onde houve maior índice de assassinatos e aumento da guerra do tráfico de drogas. 


"Nós temos uma fase importante, que é o crime contra o patrimônio, principalmente ligado ao comércio. Nós vamos reforçar o policiamento nessas áreas, para garantir ao capixaba a ida ao comércio de forma regular, de acordo com o decreto que normatiza a questão do estabelecimento comercial. E vamos também saturar aquelas regiões com maior índice de homicídios e tráfico de drogas", ressaltou.


Sobre o alto número de homicídios registrados nos últimos dias no Espírito Santo, principalmente na região metropolitana, Alexandre Ramalho acredita que esse crescimento está ligado à pandemia do Novo Coronavírus. Na análise do secretário, a soltura de presos do grupo de risco e o isolamento social podem ter contribuído para o aumento da guerra do tráfico de drogas.


"A gente pode citar [como fatores para o aumento da criminalidade] a soltura de determinados indivíduos — nós ainda não temos os números de quantos homicidas e traficantes foram soltos — e essa questão da mobilidade e do isolamento social, que diminuiu o número de pessoas nas ruas. Então aquela boca de fumo que fica lá no interior do bairro, muitas vezes ela vai ter uma rentabilidade menor e vai querer tomar uma outra boca de fumo, que está mais próxima do asfalto. Isso gera esse conflito que o tráfico de drogas nos traz", explicou.

FONTE: Portal Folha Vitoria / https://www.folhavitoria.com.br/policia/noticia/04/2020/soltura-de-presos-contribuiu-para-aumento-da-criminalidade-no-espirito-santo-diz-secretario

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Facebook
Mais lidas
© Copyright : Todos os direitos reservados ( 100881 ) Pessoas vizitaram esse site voce ja visitou 1 vezes